bloco do player

Subscribe Us

Confira se você tem saldo perdido, e veja com resgatar os valores $$$.

 O Banco Central (BC) liberou, nesta segunda-feira (dia 14), o site para quem quer saber se tem alguma quantia "esquecida" em uma instituição financeira, seja pessoa física ou jurídica. 


Para fazer a consulta, basta informar número de CPF e data de nascimento. Se não houver nada a resgatar, o sistema informará automaticamente. Mas quem tiver algum montante a sacar terá que esperar o mês de março para verificar o saldo existente e solicitar o resgate, conforme o calendário geral abaixo.

Para consulta Clique Aqui.

O prazo de consulta e pedido de resgate vai de 7 a 25 de março, de forma escalonada, de acordo com cada um dos três grupos (nascimento ou criação da empresa antes de 1968, entre 1968 e 1983 e após 1983). Haverá ainda repescagem para cada grupo sempre no sábado seguinte.


No momento da primeira consulta, o sistema informará a data em que cada interessado deverá retornar ao sistema para ver o saldo e pedir a devolução do dinheiro. O horário de consulta será das 4h às 14h ou das 14h à meia-noite, dependendo de cada caso.


Repescagem

Caso perca esse prazo, a pessoa poderá fazer uma repescagem no sábado seguinte. O sistema vai funcionar durante todo o dia, das 4h à meia-noite.

Se o usuário perder também o prazo de repescagem, ele deverá voltar ao sistema somente a partir de 28 de março.

"Mesmo se você não consultar ou solicitar o resgate do saldo existente em todas essas datas, não se preocupe, pois isso não afeta seu direito sobre os recursos a devolver. Eles são seus e continuarão guardados pelas instituições financeiras o tempo que for necessário, esperando até que você solicite o resgate", informa o BC.


Devolução a partir de 7 março

Os valores esquecidos nos bancos serão devolvidos somente a partir de 7 de março.

Depois de acessar o sistema, e somente no caso de pedir o resgate sem indicar uma chave Pix, a instituição financeira escolhida entrará em contato para realizar a transferência.


Primeira leva de devoluções

Segundo o Banco Central, nesta primeira fase de devoluções, há cerca de R$ 3,9 bilhões a serem resgatados por 24 milhões de pessoas físicas e jurídicas. Os valores referem-se a contas correntes ou poupanças encerradas ainda com saldo disponível; tarifas, parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, desde que a devolução esteja prevista em um termo de compromisso assinado pela instituição financeira com o BC; cotas de capital e rateio de sobras líquidas de beneficiários e participantes de cooperativas de crédito; e recursos não procurados relativos a grupos de consórcio encerrados.

No decorrer deste ano, ainda serão liberados para consulta valores esquecidos decorrentes de tarifas, parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, previstas ou não em um termo de compromisso com o BC; contas de pagamento pré-pagas e pós-pagas encerradas com saldo disponível; contas de registro mantidas por corretoras e distribuidoras de títulos e valores mobiliários encerradas com saldo disponível; e outras situações previstas pelas instituições financeiras. Esse montante deverá somar R$ 4,1 bilhões, chegando ao total de R$ 8 bilhões estimado pelo Banco Central.


Cadastro necessário

A plataforma ainda alerta que será preciso ter cadastro no portal ou no aplicativo Gov.br (nível prata ou ouro, o que garante segurança de acesso) para poder fazer a checagem no dia marcado. O cadastro é gratuito. A ferramenta está disponível para aparelhos com sistemas iOS e Android.


Passo a passo para a abrir a conta Gov.br

A criação da conta Gov.br é necessária e gratuita. O sistema unifica diversos serviços públicos como acesso às informações do INSS, do SUS e do Denatran, assim como carteira de trabalho digital, entre outros serviços.

Quem ainda não tem conta pode fazer o cadastro no site Aqui ou no aplicativo Gov.br.

Viu isso? Erros no cadastro do Gov.br impedem acesso a serviços públicos e ao sistema do dinheiro a receber do BC. Saiba o que fazer

Como aumentar o nível da conta Gov.br

A conta gov.br tem três níveis de segurança e acesso: bronze, prata e ouro.


Ao ser criada via formulário on-line do INSS ou da Receita Federal, por exemplo, a conta Gov.br começa no nível bronze, que dá acesso apenas parcial aos serviços digitais do governo e cujo grau de segurança é considerado básico.

Ao fazer o login no Gov.br, o cidadão já é informado do nível da conta. Para aumentá-lo, basta seguir as instruções ou entrar em "Privacidade/Selos de Confiabilidade".


Como obter o nível prata


O nível prata é obtido por meio de:


- Validação facial pelo aplicativo Gov.br para conferência da sua foto nas bases da Carteira de Habilitação (CNH)


- Validação dos dados pessoais via internet banking de um banco credenciado


- Validação dos dados com usuário e senha do Sigepe, no caso de servidor público federal


Como obter o nível ouro


O nível ouro é obtido por meio de:


- Validação facial pelo aplicativo Gov.br para conferência da sua foto nas bases da Justiça Eleitoral


- Validação dos seus dados com certificado digital compatível com ICP-Brasil


Passo a passo para resgatar o dinheiro


A partir do dia 14, o usuário pode acessar o site valoresareceber.bcb.gov.br, informando seu CPF ou CNPJ para consultar se tem dinheiro "esquecido".


Caso tenha dinheiro para sacar, preste atenção na data que o Sistema de Valores a Receber vai informar.


Essa data será um agendamento. Você poderá consultar os valores e informar os dados para a transferência neste dia.


Para fazer o resgate, será preciso ter uma conta na plataforma Gov.br.


Para conseguir movimentar os valores, será necessário ter um cadastro nível prata ou ouro nesta plataforma.


Na data agendada, acesse novamente o site valoresareceber.bcb.gov.br, usando o login Gov.br nível prata ou ouro para saber o valor disponível e solicitar a transferência.


Se perder a data do agendamento, basta entrar novamente no site valoresareceber.bcb.gov.br e solicitar um novo acesso. O sistema vai informar nova data para retorno.


Redação: Radio e Jornal A Voz do Povo.
sua força online.
Curtam a nossa página no facebook.
Sigam nosso canal no You Tube

Direção: Jornalista Marcio Carvalho.

Postar um comentário

0 Comentários

Postagem em destaque

Polícia prende dois homens com celulares roubados em Belford Roxo.